21 de março de 2018

twenty-one out of three thousand two-eighteen

Eu queria ser criança de novo. Voltar pro tempo onde a minha única preocupação era quando eu me atrasava para buscar minha boneca na escolinha. Eu era feliz, oh se era. Algumas pessoas me diziam que quando eu crescesse iria desejar voltar no tempo e hoje lamento muito por não ter acreditado nelas e aproveitado ao máximo todas as coisas que vivi na infância. Em dois messes completo dezoito anos e não estou ansiosa, pelo menos não mais. Completar dezoito anos, para mim, significa uma passagem sem volta para o desespero que é de fato ser um adulto nesse mundo tão cruel. Se bem que não são apenas os adultos que passam por desesperos, né? Lembro-me que o meu maior desespero quando criança era a hora de voltar da creche. Na época estava rolando uma historia de quê um carro preto estava passando e pegado crianças para retirar os órgãos e vender no mercado negro. Imaginem o desespero das crianças? até minha irmã que era de maior ficava com medo disso. O mundo é de fato cruel, espera, o mundo não, as pessoas.

Esse ano tem enem e eu não estava com medo, todavia agora estou começando a ficar um pouco medonha. Decidi que quero cursar ciências sociais e apesar da nota de corte não ser muito alta para conseguir a vaga na federal da minha cidade eu estou receosa. Escolher cursar ciências sociais foi uma coisa que eu jamais imaginei que seria uma opção para mim, no entanto essa é uma das únicas coisas que me despertou interesse pelo ensino e eu vou me jogar de cabeça. Alguém aqui cursa ciências sociais? Ah, seja o que Deus quiser.

Conheci alguns blogs esses dias e estou apaixonada por eles - alguns estão no meu blogroll - o problema é que a maioria estão em hiatos e isso me deixa muito triste. Alguns blogs que acompanho também estão parados e gente, que bad. A blogosfera não é mais a mesma e acho isso muito lamentável. O memorizeis esse mês faz um ano e eu gostaria muito de ter todos os blogs que acompanho ainda presentes na internet, porém as coisas não são como queremos. Só espero que os bloguinhos que estão parados voltem logo e que novos seres apareçam por ai com seus conteúdos maravilhosos.

10 comentários:

  1. Olá Vivi!
    Realmente, tem momentos em nossas vidas que desejamos voltar para a infância. Mas olha, por mais difícil que pareça, respira fundo que sempre há algo de bom nessa vida de adulto, rs

    Desejo boa sorte pra você no enem e parabéns pelo quase 1 ano de blog!

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  2. Aos 18 anos eu ainda não sabia o que me aguardava no futuro e, sinceramente, não sabia o que era de fato crescer, mas parece que toda a internet cresceu junto comigo nesse tempo e eu fui vivendo essa desilusão com o mundo adulto aos poucos. Por aqui as coisas são estranhas. Eu já sou formada, passei num processo de uma empresa e tô esperando ser chamada e ainda assim as coisas parecem...estranhas? Acho que virar adulto é começar a tomar consciência de tudo o que você tá vivendo e essa consciência perturba demais. Por causa disso também sinto falta da minha infância.

    Quanto à blogosfera, a gente está tendo que catar em todos os cantinhos uns blogs que a gente se identifique e o seu é um desses apesar de você ser 6 anos mais nova que eu. HAHA Boa sorte na procura. :))

    beijo

    http://pinkismycollor.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. É estranho como a passagem para a vida adulta, nos soa deprimente. É tanta carga a mais ter que aguentar. Daqui alguns meses (não muito próximos também farei de 18 anos) e eu também , já estou entrando em desespero só de pensar.
    Eu também queria ser criança de novo. Apesar que comigo, ir para creche também me deixava ás vezes tristes, nem naquele lugar eu conseguira me habituar.
    A vida é tão assustadora se pensarmos por um lado, né? é como se não estivéssemos totalmente salvos.
    Mas acho que a gente simplesmente deveríamos viver sem muito pensar no amanhã. Pois nem sempre as coisas ocorrem exatamente como imaginamos.
    Já faz um tempo que o desespero tinha batido na minha porta também, sobre o ENEM. Mas agora eu não estou tão preocupada, apenas estou tentando estudar o máximo que eu puder. Talvez entrar em uma faculdade no ano que vem, para mim não vai dar certo. Embora a questão do que eu vá fazer no futuro, ecoe na minha mente, para que eu tenha a certeza, e não me sentir tão perdida.
    Nesse ano eu achei as aulas de Sociologia na escola bem legais, e pensei em perguntar a professora o que levara a querer seguir esse curso. Ainda irei perguntar. Eu acho essa área muito legal, embora eu não pense em fazer.
    Nesse último mês eu acho que segui quase 100 blogs, descobri vários legais. Os autores do mesmos, apena não postam tanto. Mas realmente a blogosfera não tá a mesma. Mas posso entender o caso de alguns, querer deixar a vida virtual um pouco de lado, pra focar mais na vida real.
    O meu blog também está um pouco próximo de completar 1 ano, e parece que foi ontem que eu criei aquele espacinho!! Sério, eu fico chocada com a rapidez do tempo.
    Mas lhe parabenizo muito por sempre ter sido você mesma nesse espacinho, não o deixando de lado, e o fazido crescer.
    Você como sempre faz layout muito bonitinhos ♡♡♡
    https://noitecer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Provavelmente estou no quesito que está há um tempo sem postar, mas eu mal chego em casa e já abraço o TCC da pós :P Sobra pouco assunto pra falar porque passei o mês inteiro praticamente enfurnada em casa - ocasionalmente tomando banho de piscina.
    Quando eu li "dezoito anos" lembrei que eu comecei a blogar estava entrando na época de vestibulares, queria fazer três cursos diferentes, foi uma fase muito foda. Força nos estudos, que não são fáceis mas podem ser prazerosos. Já viu esses "studyblr" no Tumblr?

    ResponderExcluir
  5. Fiz 18 em outubro e entendi completamente o que quis dizer, enem e a entrada na vida adulta me assustaram muito também, ainda assusta bastante na verdade.
    Um amigo meu queria cursar ciências sociais é um área muito interessante, te deu a maior força!
    Espero que dê tudo certo viu, bjs.

    ResponderExcluir
  6. Olha, sinto muita saudades da minha infância também. De morar com a minha família e de correr no meio da madrugada pra cama dos meus pais. A tempo passa rápido demais! A vida adulta pesa, estou caminhando pros meus 19 anos, porém como já moro sozinha, trabalho e estudo em uma cidade longe da minha família, parece que muitas vezes a bagagem pesa bem mais. Mas estamos ai né? Dando a cara a tapa!

    Sobre o enem, única coisa que posso te aconselhar é: comece a estudar um pouco desde já, não deixa pra ultima hora, preserve sua saúde mental! Acho a área de ciências sociais muito interessante e se você se interessa e se identifica, vai fundo! Tenha perseverança!! Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Também fiz 18 em outubro como a moça de cima, e antes mesmo de fazer já estava com o peso nas costas, de pagar as próprias contas, sentir falta de um emprego fixo, pensar no amanhã, ainda não me esqueci daquela nossa vontade de morar em são paulo, mas mesmo assim cai na real o quão dificil pode ser, mas não impossivel..
    espero que você consiga ter uma boa nota e que consiga cursar a faculdade que deseja, desejo isso pra nós duas rs.
    bj

    ResponderExcluir
  8. aaa como eu queria ser criança pra sempre! fico muito triste com o fato de crescer, mas não tem o que fazer sobre isso. boa sorte com tudo e tudo de bom! tenho um amigo que inicio ciências sociais esse ano, ele ta bem animado com isso.
    dei uma olhada nos blogs, e tem esse, the public diary, que é uma dó estar assim. estou encantada com ele!
    ps: estou meio assustada com essa história de roubaram os órgãos, vou tomar cuidado com os carros

    ResponderExcluir
  9. Também tenho vontade de ser a criança de novo. Tudo era tão mais fácil. O enem também está chegando pra mim e isso me aterroriza. Ensino médio é difícil, fora os familiares 24h "o que você vai fazer? Tem que saber hein". Nunca tinha luvido falar em Ciências Sociais, ouvido já, mas nunca descobri o que fazem, vou pesquisar. Os blogs que acompanho também estão meio em hiatos, uma pena (inclusive o meu tá tão parado que parece dengue). Fazia um tempo que não vinha aqui e amei esse layout (desculpe a demora haha), esse é o terceiro post seu que tô lendo e amando muito.
    Beijão <3

    ResponderExcluir
  10. menina, já tô com 28 e a sensação de "espera só até o peso da idade adulta chegar" ainda pulsa forte.
    espero que você goste do curso que escolheu! que seja uma jornada enriquecedora pra você (:

    ResponderExcluir

oncontextmenu='return false'