24 de agosto de 2019

Futura publicitária, talvez

Acordei hoje com a mente no ano que vem, sim, em 2020. Eu não tinha planos de começar uma faculdade ano que vem por vários motivos, dentre eles o da dúvida a respeito de qual curso quero cursar. Todavia, estou disposta a me descobrir. Desde onze da manhã venho pesquisando sobre os possíveis cursos que eu faria e cheguei a conclusão de que irei cursar publicidade. Existem possibilidades de eu fazer outro curso sem ser o de publicidade? Existem sim, no entanto, acredito que meu coração nesse momento pertence a tal curso. Vi sua grade curricular e cara, anseio logo pelo ano que vem.

Estava estudando para o enem desde o carnaval, porém não estou mais tão focada quanto antes. Até dou uma estudada as vezes, porém não é nada comparado a como eu de fato deveria estar estudando. Mas acontece, não me cobro tanto pois sei que me cobrar não vai adiantar muita coisa, só seria mais uma sobrecarga mental, então sigo no meu tempo. Antes eu tinha planos de entrar totalmente de graça em uma universidade, porém hoje o meu foco mudou. Quero entrar através do enem, ainda, porém os meus planos é de somente conseguir uma bolsa usando minha nota.

A vida é extremamente incerta. As escolhas que fazemos hoje darão os resultados dos acontecimentos de amanhã. Sempre tive medo desse fato, porém agora estou disposta a fazer minhas escolhas sem medo. Ano que vem irei, sem sombra de dúvidas, engessar numa universidade cursando publicidade, ou quem sabe até lá, um outro curso. E irei fazer isso sem medo de me arrepender e aceitando o risco de quem sabe me arrepender, até porque a vida é isso.

A gente nunca sabe quando uma escolha vai resultar em acertos ou erros.

Até optar por elas.

23 de agosto de 2019

Até

acho que enfim, depois de dezenove anos, sinto-me enlouquecendo de verdade.
são tantos desejos, tantos sentimentos, tantas coisas.
viver sob minha pele tem sido uma tortura.
e um privilégio, também, devo admitir.

o que será que acontece depois disso?
depois que o meu coração, enfim, parar de bater?
em quem será que irei pensar, por fim, quando a última batida dele se for com o vento?

sinto-me pronta.
se existir vida além do que se pode ver
será que poderei ver o que posso ver hoje?
é curioso.
a gente nunca sabe o que nos espera depois da última batida
da última nota.
do último suspiro.
a vida
CONTINUA a ser uma surpresa
até quando termina.

uma piada.

não tenho mais tempo para rir dela.

uma pena.

ou talvez, não.

até!